Buscar
  • Thaís Marques

CONHECENDO CURITIBA - #041

Ei! Depois de algumas semaninhas, finalmente venho aqui compartilhar minha ida à Curitiba. Como disse nos posts do Instagram, fiquei muito feliz por poder conhecer um outro estado, mais um sotaque diferente do Brasil, e rever meus amigos. Cheguei na sexta-feira 08/06 e encarei nada mais, nada menos do que 4°. Normalmente aqui no interior de SP, 17° já é considerado frio, então imaginem só minha reação? Mas fui prevenida, uma mala cheia de casacos, toucas e um coturno que foi meu companheiro de viagem, confortável&quentinho.

Descansei na parte da manhã, dormi cerca de duas horinhas e depois decidi ir ao Park Shopping Barigui enquanto meus amigos trabalhavam, até que me virei bem com Uber, e aproveitei o tempo sozinha para almoçar e comprar algumas coisas. Inclusive, escolhi esse shopping porque sabia que era o único com uma Forever 21, muito amor por essa loja!

Na Forever comprei algumas camisetas básicas, são minhas favoritas. Acho o tecido diferente, sempre uso mais as que compro lá, e um casaco de pelo, que me ajudou demais no clima do dia seguinte. 18h e partiu Barbearia Cabalheiro, fui acompanhar meu amigo e conhecer um pouco do ambiente, todo temático, amei a decoração!

A noite o lugar escolhido foi o SLÁINTE, meu favorito da viagem! São três ambientes, o primeiro a parte de barzinho, com várias plantas, ilustrações nas paredes e mesas de ping pong, o segundo a balada com todos os tipos de música possíveis e o terceiro uma área externa enorme, seguindo a mesma linha de um local descontraído, iria todo final de semana, ganhou meu coração HAHAHA.


O Jardim Botânico é passagem obrigatória de todo turista, não poderia deixar de passar por lá. Ótimo para quem curte natureza ao redor, vi várias pessoas fazendo piquenique, muitos turistas, é um lugar bem 'familiar' e uma boa escolha de sábado ou domingo a tarde, na foto ainda estava com o casaco, mas depois o tempo esquentou (sim, milagre HAHAHA).

Um dos shopping's mais lindos que já fui, Pátio Batel. O bairro em si é maravilhoso, várias lojas/bares com decorações bem diferentes, e no Batel, não resisti e entrei na livraria, imaginem o quanto amei esse cantinho geek.

A noite o escolhido foi o Hard Rock Café, é a única filial no país! Mais um lugar com vários ambientes, super descontraído, com música ao vivo e várias opções de comida. No dia seguinte, queria muito conhecer esse prédio histórico da UFPR, também queria uma foto na frente dele, mas no dia estava acontecendo uma manifestação do PT (aparentemente) HAHAHA ô sorte, mas valeu a pena poder ver de pertinho.

Das comidas: amei, amei e amei essas duas! A primeira: combo pizza broto + pizza doce e refrigerante da Oven no Shopping Estação, massa feita na hora, muito boa. E segunda: batata frita no cone da Roots, no Hauer Shopping Batel. O Hauer é um lugar com vários barzinhos, MUITA opção de comida boa e sempre cheio, fui lá no sábado e domingo de tanto gostar.


Domingo merecia almoço em um lugar diferente, Mercado Sal. Como podem perceber, uma das 'graças' em viajar pra mim é ter opções diferentes em comida. Não saí muito do comum com esse combo do Santíssimo, mas admito ter ficado em dúvida do que comer (ó o mal de libriana) já que são mais de 40 food truck's. É amplo, então não tem perigo de ficar sem lugar para sentar ou ter que ficar procurando, além da decoração super diferente com essas luminárias e ilustrações nas paredes.

Finalizando, conheci o TAJ. Um bar lindíssimo, como minha intenção era ir ao Hauer depois, escolhi os dadinhos de tapioca + geleia de pimenta, muito bom! Lembrando que está rolando uma promoção para os amantes de comida japonesa, em todo dia de jogo do Brasil na Copa, 50% off no cardápio, dá tempo de aproveitar nessa sexta-feira HAHAHA.

Por fim, o que ficou da minha experiência em Curitiba? Sempre diziam sobre a população ser 'fria' e mal educada, senti totalmente o oposto. No Sláinte, primeiro lugar que fui a noite na sexta-feira fiquei impressionada com a educação de todos na festa, seja por esbarrar sem querer, as pessoas respeitavam e aceitavam um não, coisa que não é muito frequente por aqui. O frio é real, MUITO REAL! A mala para Curitiba deve ser lotada de casacos, juro. E achei uma cidade extremamente limpa e organizada, todas as ruas, em todos os lugares que fui, com certeza voltarei um dia.

Para quem não acompanhou, postei vários stories e fixei nos meus destaques 'CURITIBA' no Instagram @thaismarquesr. Segue lá! ;)

0 visualização

© 2019 por Thaís Marques

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube