© 2019 por Thaís Marques

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
Buscar
  • Thaís Marques

ISSO TAMBÉM PASSA

Ei! Como vocês estão? Tudo na paz? Dessa vez dei uma sumidinha e não tenho como negar, mas existe uma explicação: apresentei o TCC e comecei a trabalhar dias depois, acreditam?

Esse ano decidi me dedicar a faculdade e não trabalhar, por serem os últimos semestres, realmente foi a melhor escolha que fiz, tive tempo e pude fazer o necessário para um TCC digno de orgulho. Nas últimas semanas quando percebi que tudo já estava mais tranquilo, fui 'atrás' dessa nova etapa na minha vida e consegui um emprego na minha área e na minha cidade (o que pra mim era algo bem difícil de acontecer).


Enfim, com toda essa mudança de rotina, tive que me adaptar com horários que não estava acostumada e nos primeiros dias não foi nada fácil, mas cá estou, firme e forte em todas as alegrias e transformações que a vida me proporciona. Quando me perguntam sobre o que faço nos finais de semana é até engraçado responder, já que eles se resumem em sair para jantar, jogar e assistir minhas séries favoritas e alguns filmes novos que aparecem na Netflix.

Talvez alguns anos atrás a Thaís com 17 anos não imaginaria que com 24 estaria assim, inclusive, quando entrei na faculdade pensei que minha vida seria totalmente diferente, cheia de festas e diversão, mas a realidade foi outra. Depois de algumas fases na vida percebi que amar a minha própria companhia é o início de tudo, é claro que não abro mão de algumas pessoas ao lado e boas risadas (Vic, Trambinha e Paulo, dedico a vocês essa parte HAHAHA) mas saber aproveitar os momentos comigo mesma e fazendo aquilo que gosto, isso faz um bem que não é qualquer festinha que compra, viu?

Hoje acordei tão cedo que nem acreditei, ainda mais por ser em um domingo, comecei a pensar em como tudo muda em questão de meses, semanas e dias. Um ano atrás eu provavelmente estava passando por uma das piores fases da minha vida, naquela famosa 'bad' impossível de fugir.

Em algumas situações temos sentimentos que parecem não ter fim, uma tristeza e angústia que toma conta e acaba prejudicando o dia a dia. E falo isso por experiência própria, até o comecinho desse ano vivia assim, tinha meus motivos mas pensava que nunca ia passar, que viveria presa naquele emaranhado de sensações ruins. Aquele 'neste dia' do Facebook além de me fazer dar risada ou sentir vergonha, me faz lembrar que muitas coisas que me deixavam chateada antigamente foram passageiras e necessárias para a minha 'bagagem de vida'.

Chico Xavier tinha em cima de sua cama uma placa com a frase: 'isso também passa!'. Um dia perguntaram a ele o motivo, e ele respondeu que era para quando estivesse passando por momentos ruins, lembrasse que eles iriam embora, iriam passar e que ele estava passando por aquilo por algum motivo. Mas também para quando ele estivesse muito feliz, se lembrasse que não deveria deixar tudo para trás e se deixar levar, porque assim como os outros momentos, eles também iam passar.

Um ano depois, me vejo em situação completamente diferente, com conquistas e com o coração leve, sem preocupações. Quando me diziam que ia passar, eu não acreditava e pensava ser apenas mais uma frase clichê de quem queria me ver bem, mas não era. A vida é feita de momentos bons e ruins, que temos que passar e NADA é por acaso. Vejo tudo como um aprendizado, e independente do que esteja acontecendo na sua vida hoje, nunca se esqueça que ISSO TAMBÉM PASSA.

0 visualização