Buscar
  • Thaís Marques

MELISSA E A COLEÇÃO MASHUP

Ei! Como vai você? Ainda naquele clima de 'começo de semana'? Pois é, por aqui tudo segue nesse ritmo, mas o fim de semana foi bem diferente dos demais, quem acompanha a página já sabe um pouquinho sobre isso antecipadamente.

Ontem participei do Workshop Melissa sobre a nova coleção MASHUP junto com a equipe Liz Boutique, agradeço demais a Fer por sempre me incluir quando acontecem esses eventos ou previews sobre a marca, eles acrescentam demais na vida de uma 'quase' Melisseira.

MAS POR QUE MASHUP? O termo MASHUP veio da música, mais especificamente da eletrônica, e significa misturar. Sobrepor duas músicas diferentes criando uma nova em cima desse overlap de suas batidas. Trazendo o termo para outros contextos, essa mistura representa hoje quase que uma leitura social.

Podemos perceber que a Flox, Grunge, Beach Slide e outros modelos se tornaram 'unissex', e em relação a isso a marca diz que não se trata mais da apropriação do vestuário masculino pelo feminino ou vice-versa, mas sim de uma moda neutra, liberta de estereótipos, que propõe a quebra de normas pré-estabelecidas, e antigas noções de gênero. Para desenvolver essa coleção de produtos e todo os conteúdo da marca, a Melissa segmentou e se direcionou para três públicos: BLACK - INTERMEDIÁRIO - WHITE.

BLACK: São os modelos da coleção com a cara das meninas modernas e influenciadoras, aquelas que pensam no look completo e que contam uma história através dele, porque se apropriam de todas suas referências. Essas meninas influenciadoras, que também são conhecidas como 'betas' costumam ver além da moda tradicional, começam a usar produtos que em pouco tempo se espalham nas vitrines, são praticamente 'ditadoras' de moda.

INTERMEDIÁRIOS: Os modelos mais básicos, clássicos e atemporais. Combinam com aqueles look que se adaptam a diferentes situações de uso, que vão da manhã até a noite, as meninas mais básicas provavelmente vão se identificar com esse segmento.

WHITE: Modelos mais carregados e lúdicos, com utilização de brilho, glitter e personagens (coisas que inclusive a Melissa ama!). Quem os usa? As meninas mais literais, que valorizam os detalhes do look (creio que as mais 'meiguinhas').

Escolhi alguns modelos para explicar mais sobre essa segmentação, ao ler sobre as três já é possível se identificar, né?


Já me apaixonei pela Cosmopolitan e pela Aranha 79/16, que é um clássico, tenho uma Aranha Quadrada Flocada de muitos anos atrás, super confortável. Alguns modelos já começaram a ser vendidos nas franquias e multimarcas, o evento de lançamento acontece no dia 04/08 e muitas novidades estão por vir, inclusive uma linha de acessórios em parceria com uma marca super famosa, aguardem!

0 visualização

© 2019 por Thaís Marques

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube